Cirurgia Íntima

Se sente desconfortável?

A verdade é que as mulheres hoje em dia estão dando mais atenção para a aparência do órgão sexual. E com a ajuda de Cirurgias íntimas, como a Ninfoplastia, elas se sentem mais atraentes e com mais autoestima, especialmente depois de conquistarem uma idade mais madura.

Afinal, além da aparência, algumas mulheres podem sentir até desconforto no ato do sexo.

Se sente desconfortável?

A verdade é que as mulheres hoje em dia estão dando mais atenção para a aparência do órgão sexual. E com a ajuda de Cirurgias íntimas, como a Ninfoplastia, elas se sentem mais atraentes e com mais autoestima, especialmente depois de conquistarem uma idade mais madura.

Afinal, além da aparência, algumas mulheres podem sentir até desconforto no ato do sexo.

O que é?

O que é?

A Ninfoplastia, também conhecida como Labioplastia, tem como objetivo reduzir os chamados pequenos lábios da região vaginal.

Os pequenos lábios são localizados na parte interna da genitália feminina, logo após os grandes lábios (que é a estrutura maior em volta da vagina), envolvendo todo o orifício vaginal.

Quanto retirar?

Esta decisão é tomada pelo médico, que irá retirar a quantidade correta para o benefício estético, pensando também na função dos pequenos lábios. Mas a ideia é tirar o excesso, ou seja, a porção dos pequenos lábios que fica aparente quando a mulher está em posição normal, é a parte dos pequenos lábios que se projeta para fora dos grandes lábios.

Indicações para Ninfoplastia

  • Hipertrofia, ou seja, aumento dos pequenos lábios.
  • Aumento ou diminuição do tecido adiposo supra púbico (gorduras do monte de vénus);
  • Perda de tecido adiposo dos grandes lábios (o que ocorre sempre que a paciente tem uma grande perda de peso e incomoda muitas mulheres);
  • Alterações do intróito (entrada) da vagina;
  • Alterações da pigmentação da região vaginal e anal (áreas escurecidas).

Aparência da vagina e desconforto

Embora seja absolutamente normal os pequenos lábios vaginais apresentarem formas e tamanhos diferentes, muitas mulheres sentem-se incomodadas. Assim, elas preferem ter um tamanho menor dos pequenos lábios.

Além disso, o excesso de pele nos pequenos lábios da vagina também provoca constrangimentos para muitas mulheres, com muitas ressaltando o quanto se sentem envergonhadas quando vestem roupas de banho ou de ginástica.

Algumas outras mulheres ainda revelam sentirem grande desconforto e por vezes dor e pequenas lesões locais quando realizam atividades físicas, tais como ciclismo ou ginástica localizada.

Como é realizada?

Antes de fazer o procedimento cirúrgico para redução dos pequenos lábios é preciso que a mulher passe por uma avaliação médica para ver se o tamanho realmente é anormal.

Isso porque, algumas mulheres podem considerar que os seus pequenos lábios sejam muito maiores que o habitual, e desejarem tirar mais do que o necessário – o que não é recomendado.

Após a avaliação, a cirurgia é agendada, com duração de aproximadamente 40 minutos à uma hora.

Na forma tradicional, é realizada com anestesia local ou peridural. Durante o procedimento, o médico corta parte dos lábios e reconstrói as estruturas, para que não fiquem cicatrizes evidentes.

A sutura dessa cicatriz é realizada com fios absorvíveis, que se dissolvem ao longo do tempo e são absorvidos pelo organismo. Por isso não há a necessidade da retirada dos pontos posteriormente.

Para quem é indicada?

Essa cirurgia é indicada, portanto, para mulheres que não se sentem confortáveis com o aspecto da sua vagina – seja esse desconforto causado por dores, incômodo com mau cheiro (porque a hipertrofia deixa a higienização mais difícil) ou estética.

Quanto retirar?

Esta decisão é tomada pelo médico, que irá retirar a quantidade correta para o benefício estético, pensando também na função dos pequenos lábios. Mas a ideia é tirar o excesso, ou seja, a porção dos pequenos lábios que fica aparente quando a mulher está em posição normal, é a parte dos pequenos lábios que se projeta para fora dos grandes lábios.


0/5


(0 Reviews)

Indicações para Ninfoplastia

  • Hipertrofia, ou seja, aumento dos pequenos lábios.
  • Aumento ou diminuição do tecido adiposo supra púbico (gorduras do monte de vénus);
  • Perda de tecido adiposo dos grandes lábios (o que ocorre sempre que a paciente tem uma grande perda de peso e incomoda muitas mulheres);
  • Alterações do intróito (entrada) da vagina;
  • Alterações da pigmentação da região vaginal e anal (áreas escurecidas).

0/5


(0 Reviews)

Aparência da vagina e desconforto

Embora seja absolutamente normal os pequenos lábios vaginais apresentarem formas e tamanhos diferentes, muitas mulheres sentem-se incomodadas. Assim, elas preferem ter um tamanho menor dos pequenos lábios.

Além disso, o excesso de pele nos pequenos lábios da vagina também provoca constrangimentos para muitas mulheres, com muitas ressaltando o quanto se sentem envergonhadas quando vestem roupas de banho ou de ginástica.

Algumas outras mulheres ainda revelam sentirem grande desconforto e por vezes dor e pequenas lesões locais quando realizam atividades físicas, tais como ciclismo ou ginástica localizada.


0/5


(0 Reviews)

Como é realizada?

Antes de fazer o procedimento cirúrgico para redução dos pequenos lábios é preciso que a mulher passe por uma avaliação médica para ver se o tamanho realmente é anormal.

Isso porque, algumas mulheres podem considerar que os seus pequenos lábios sejam muito maiores que o habitual, e desejarem tirar mais do que o necessário – o que não é recomendado.

Após a avaliação, a cirurgia é agendada, com duração de aproximadamente 40 minutos à uma hora.

Na forma tradicional, é realizada com anestesia local ou peridural. Durante o procedimento, o médico corta parte dos lábios e reconstrói as estruturas, para que não fiquem cicatrizes evidentes.

A sutura dessa cicatriz é realizada com fios absorvíveis, que se dissolvem ao longo do tempo e são absorvidos pelo organismo. Por isso não há a necessidade da retirada dos pontos posteriormente.


0/5


(0 Reviews)

Para quem é indicada?

Essa cirurgia é indicada, portanto, para mulheres que não se sentem confortáveis com o aspecto da sua vagina – seja esse desconforto causado por dores, incômodo com mau cheiro (porque a hipertrofia deixa a higienização mais difícil) ou estética.


0/5


(0 Reviews)

Pós-Operatório

O pós-operatório da redução dos pequenos lábios vaginais não costuma ser doloroso exceto nos casos de grande inchaço, sendo prescritos apenas analgésicos comuns.

Há um edema (inchaço) moderado da região, que costuma regredir em torno de 14 dias. Pode ocorrer equimose (roxidão) local, a qual regride também em torno de 14 dias.

A cirurgia realizada a laser costuma apresentar edema e roxidão menores, com recuperação mais rápida.

Resultado da cirurgia

Como qualquer cirurgia plástica, o resultado definitivo ocorre depois de 6 meses, tempo para o amadurecimento da cicatriz. Porém 80% do resultado já é alcançado depois de 2 meses da Ninfoplastia.


0/5


(0 Reviews)

Pós-Operatório

O pós-operatório da redução dos pequenos lábios vaginais não costuma ser doloroso exceto nos casos de grande inchaço, sendo prescritos apenas analgésicos comuns.

Há um edema (inchaço) moderado da região, que costuma regredir em torno de 14 dias. Pode ocorrer equimose (roxidão) local, a qual regride também em torno de 14 dias.

A cirurgia realizada a laser costuma apresentar edema e roxidão menores, com recuperação mais rápida.

Resultado da cirurgia

Como qualquer cirurgia plástica, o resultado definitivo ocorre depois de 6 meses, tempo para o amadurecimento da cicatriz. Porém 80% do resultado já é alcançado depois de 2 meses da Ninfoplastia.

FAQ

Existem cicatrizes?

Toda cirurgia em que é realizada uma ressecção, ou seja, redução de alguma estrutura, deixa cicatriz. Porém, a cicatriz nos pequenos lábios vaginais fica pouco perceptível, devido à localização delas e do tipo de pele local.

Existe o risco de perder a sensibilidade?

A sensibilidade dos pequenos lábios vaginais pode ficar alterada transitoriamente. Porém a sensibilidade do clitóris, responsável pela maior parte da sensibilidade sexual, não é alterada visto que em nenhum momento da cirurgia há manipulação do clitóris.

Quando poderei fazer exercícios físicos?

O retorno às atividades físicas poderá ocorrer depois de um mês da cirurgia, com atividades menos intensas e progressão paulatina até os grandes esforços.

Depois de quanto tempo da ninfoplastia poderei ter relações sexuais?

As relações sexuais deverão ser evitadas por pelo menos 21 dias, sendo o retorno sem traumatismos o com uma boa lubrificação da genitália.

Existe algum risco de ter problemas no parto?

A Ninfoplastia não altera em nada uma possível gravidez ou parto.

Como fica a questão da menstruação, nos primeiros dias após a cirurgia?

O ideal é que a mulher não menstrue logo após a cirurgia, o que pode dificultar as medidas do pós-operatório, como a colocação de compressas frias, por exemplo. Portanto, o período recomendado para realização da cirurgia é logo após o final da última menstruação.

Quais as maiores complicações?

A cirurgia é bastante simples, por isso, os riscos remetem mais às intercorrências gerais, como infecções, sangramento e reações à anestesia.

Agende uma
consulta

Agende agora sua consulta

0/5 (0 Reviews)