Importância da fisioterapia
no pós-operatório

Contribuição para o resultado final

Para quem nunca realizou ou nunca viu alguém após uma cirurgia plástica, talvez a ideia de reabilitação pós-cirúrgica possa parecer um tanto quanto exagerada, visto que quem se submete a um procedimento assim busca ficar mais bonito. Mas não é exagero.

A eficiência de um procedimento cirúrgico não depende apenas da cirurgia em si. É necessário a atenção também nos cuidados pré e pós-operatórios, de maneira há prevenir complicações graves, minimizar queixas e ajudar a promover um resultado estético ainda mais satisfatório para o paciente.

Por esses e outros motivos, a fisioterapia se faz tão necessária nessa etapa.

Contribuição para o resultado final

Para quem nunca realizou ou nunca viu alguém após uma cirurgia plástica, talvez a ideia de reabilitação pós-cirúrgica possa parecer um tanto quanto exagerada, visto que quem se submete a um procedimento assim busca ficar mais bonito. Mas não é exagero.

A eficiência de um procedimento cirúrgico não depende apenas da cirurgia em si. É necessário a atenção também nos cuidados pré e pós-operatórios, de maneira há prevenir complicações graves, minimizar queixas e ajudar a promover um resultado estético ainda mais satisfatório para o paciente.

Por esses e outros motivos, a fisioterapia se faz tão necessária nessa etapa.

Como funciona a recuperação de uma Cirurgia Plástica?

Como funciona a recuperação de uma Cirurgia Plástica?

A preocupação com o pós-operatório é um fator preventivo de inúmeras intercorrências que podem ocorrer neste período delicado.

Depois de uma intervenção cirúrgica o corpo entra em uma fase reparadora. As regiões do corpo que sofreram o trauma da cirurgia necessitam de maior quantidade de nutrientes, oxigênio e células imunológicas para se restabelecerem.

Se em um primeiro momento toda essa ação parece ajudar o corpo, sua permanência prolongada acaba tornando-se um empecilho para a cicatrização e acomodação dos tecidos. O que interfere diretamente nos resultados do procedimento.

Tratamentos fisioterapêuticos

Existem vários recursos que podem ser utilizados na Fisioterapia. Entre eles podemos citar:

Fisioterapia Dermato-funcional: É uma especialidade da fisioterapia que em conjunto com o cirurgião plástico permite ao paciente uma recuperação breve e saudável. O fisioterapeuta dispõe de recursos físicos e técnicas terapêuticas a fim de oferecer melhores resultados, menores riscos e cuidados especialmente direcionados ao paciente.

Atuação fisioterapêutica no Pré-Operatório: A avaliação fisioterápica prévia a cirurgia plástica tem grande valor. São analisados os aspectos clínicos gerais e as condições da pele, presença de depressões, irregularidades e flacidez.

Drenagem Linfática: A drenagem linfática manual se destaca nessa fase com objetivo de preparar a região a ser operada de forma a: estimular a circulação para evitar necrose, ativar a circulação linfática, favorecendo o metabolismo celular, melhorar a cicatrização e a recuperação da pele e evitar edemas.

Atuação fisioterapêutica no Pós-Operatório: O tratamento fisioterapêutico no pós-cirúrgico possibilita uma melhora significativa na textura da pele, ausência de nodulações fibróticas (fibrose), redução de edema, minimização de possíveis aderências teciduais, bem como maior rapidez na recuperação das áreas com hipoestesia (pouca sensibilidade). O tratamento, portanto, não só possibilita redução das prováveis complicações, como também o retorno mais rápido do paciente as suas atividades.

Seja qual for o tratamento indicado, ele pode ser realizado no pós-operatório imediato ou tardio a fim de prevenir: edemas, enfisema cutâneo, cicatrizes hipertróficas, fibrose, lipoma, seroma e contratura muscular.

Benefícios da Fisioterapia no Pós-operatório

O acompanhamento fisioterapêutico pode ainda:

  • Restaurar sua recuperação;
  • Promover alívio das dores e hematomas;
  • Promover regeneração dos tecidos;
  • Reduzir inflamação;
  • Melhorar sensibilidade local;
  • Viabilizar a reparação tecidual;
  • Possibilitar a reintegração mais rápida às suas atividades cotidianas.
  • A fisioterapia no pós-operatório também contribui para que o paciente possa recuperar sua capacidade respiratória, muitas vezes limitada pelas dores oriundas da cirurgia.

Erro comum

A maioria das pessoas comete o erro de pensar que o tratamento de pós-operatório de uma cirurgia plástica é baseado apenas na técnica de Drenagem Linfática Manual.

O planejamento do trabalho fisioterápico é amplamente variável de acordo com o tipo de cirurgia realizada pelo paciente, da fase de pós-operatório em que encontra-se e dos sintomas apresentados clinicamente.

Tratamentos fisioterapêuticos

Existem vários recursos que podem ser utilizados na Fisioterapia. Entre eles podemos citar:

Fisioterapia Dermato-funcional: É uma especialidade da fisioterapia que em conjunto com o cirurgião plástico permite ao paciente uma recuperação breve e saudável. O fisioterapeuta dispõe de recursos físicos e técnicas terapêuticas a fim de oferecer melhores resultados, menores riscos e cuidados especialmente direcionados ao paciente.

Atuação fisioterapêutica no Pré-Operatório: A avaliação fisioterápica prévia a cirurgia plástica tem grande valor. São analisados os aspectos clínicos gerais e as condições da pele, presença de depressões, irregularidades e flacidez.

Drenagem Linfática: A drenagem linfática manual se destaca nessa fase com objetivo de preparar a região a ser operada de forma a: estimular a circulação para evitar necrose, ativar a circulação linfática, favorecendo o metabolismo celular, melhorar a cicatrização e a recuperação da pele e evitar edemas.

Atuação fisioterapêutica no Pós-Operatório: O tratamento fisioterapêutico no pós-cirúrgico possibilita uma melhora significativa na textura da pele, ausência de nodulações fibróticas (fibrose), redução de edema, minimização de possíveis aderências teciduais, bem como maior rapidez na recuperação das áreas com hipoestesia (pouca sensibilidade). O tratamento, portanto, não só possibilita redução das prováveis complicações, como também o retorno mais rápido do paciente as suas atividades.

Seja qual for o tratamento indicado, ele pode ser realizado no pós-operatório imediato ou tardio a fim de prevenir: edemas, enfisema cutâneo, cicatrizes hipertróficas, fibrose, lipoma, seroma e contratura muscular.


0/5


(0 Reviews)

Benefícios da Fisioterapia no Pós-operatório

O acompanhamento fisioterapêutico pode ainda:

  • Restaurar sua recuperação;
  • Promover alívio das dores e hematomas;
  • Promover regeneração dos tecidos;
  • Reduzir inflamação;
  • Melhorar sensibilidade local;
  • Viabilizar a reparação tecidual;
  • Possibilitar a reintegração mais rápida às suas atividades cotidianas.
  • A fisioterapia no pós-operatório também contribui para que o paciente possa recuperar sua capacidade respiratória, muitas vezes limitada pelas dores oriundas da cirurgia.

0/5


(0 Reviews)

Erro comum

A maioria das pessoas comete o erro de pensar que o tratamento de pós-operatório de uma cirurgia plástica é baseado apenas na técnica de Drenagem Linfática Manual.

O planejamento do trabalho fisioterápico é amplamente variável de acordo com o tipo de cirurgia realizada pelo paciente, da fase de pós-operatório em que encontra-se e dos sintomas apresentados clinicamente.


0/5


(0 Reviews)

Para uma recuperação breve e o mais confortável possível

A atuação do fisioterapeuta no pré e pós-operatório nas cirurgias plásticas surge como uma poderosa ferramenta tanto na preparação do paciente antes de ser submetido ao procedimento, como para reduzir os desconfortos pós-cirúrgicos e acelerar sua recuperação, como pudemos ver.

Hoje, cirurgiões plásticos e fisioterapeutas trabalham lado a lado para o benefício do paciente, preservando suas funções vitais e o auxiliando a desfrutar de um breve período de recuperação da forma mas confortável possível, diminuindo as incapacitações e alterações decorrentes dos procedimentos cirúrgicos.

Por isso, não deixe que um descuido atrapalhe seus planos. Um resultado satisfatório requer esforços de ambos os lados, incluindo o seu. Certamente, valerá a pena.


0/5


(0 Reviews)

Para uma recuperação breve e o mais confortável possível

A atuação do fisioterapeuta no pré e pós-operatório nas cirurgias plásticas surge como uma poderosa ferramenta tanto na preparação do paciente antes de ser submetido ao procedimento, como para reduzir os desconfortos pós-cirúrgicos e acelerar sua recuperação, como pudemos ver.

Hoje, cirurgiões plásticos e fisioterapeutas trabalham lado a lado para o benefício do paciente, preservando suas funções vitais e o auxiliando a desfrutar de um breve período de recuperação da forma mas confortável possível, diminuindo as incapacitações e alterações decorrentes dos procedimentos cirúrgicos.

Por isso, não deixe que um descuido atrapalhe seus planos. Um resultado satisfatório requer esforços de ambos os lados, incluindo o seu. Certamente, valerá a pena.

Agende uma
consulta

Agende agora sua consulta

0/5 (0 Reviews)