Massagem para gestantes

A massagem para gestantes não é uma regra do período de gestação, mas é algo que pode trazer muitos benefícios e proporcionar mais conforto para futura mamãe.

Durante o período de gestação, muitas mulheres passam por diversos momentos de cansaço, desconforto e estresse. Para solucionar esses problemas, entra a massagem, que tem como objetivo auxiliar no equilíbrio entre corpo, mente e espírito.

A massagem surge como uma aliada para diminuir dores musculares, principalmente nas costas e nas pernas, causadas pelo peso da barriga. Ainda mais, nos últimos meses de gestação, por conta do crescimento da barriga, esses desconfortos aumentam, como dores nas costas, inchaço nas pernas e pés, mal-estar pela manhã e dificuldades para encontrar uma posição confortável para dormir. Para aliviar tudo isso, esse tipo de massagem pode ser ótima, além de proporcionar momentos de muito relaxamento.

A massagem para gestantes não é uma regra do período de gestação, mas é algo que pode trazer muitos benefícios e proporcionar mais conforto para futura mamãe.

Durante o período de gestação, muitas mulheres passam por diversos momentos de cansaço, desconforto e estresse. Para solucionar esses problemas, entra a massagem, que tem como objetivo auxiliar no equilíbrio entre corpo, mente e espírito.

A massagem surge como uma aliada para diminuir dores musculares, principalmente nas costas e nas pernas, causadas pelo peso da barriga. Ainda mais, nos últimos meses de gestação, por conta do crescimento da barriga, esses desconfortos aumentam, como dores nas costas, inchaço nas pernas e pés, mal-estar pela manhã e dificuldades para encontrar uma posição confortável para dormir. Para aliviar tudo isso, esse tipo de massagem pode ser ótima, além de proporcionar momentos de muito relaxamento.

Como é

Como é

A gravidez é um período inesquecível para as mulheres, mas nem todos os dias são bons. Enjoos, dores e instabilidade emocional podem dar as caras de vez em quando. Por isso, relaxar é essencial. Você sabia que para ajudar nesse período existe uma massagem para gestantes? O método especial não atrapalha no desenvolvimento do feto e ainda contribui para o bem-estar da mãe e do bebê.

Vale lembrar que os movimentos da massagem em grávidas são mais lentos, dando a devida atenção às queixas de dores e desconforto das pacientes. Normalmente, as sessões duram de 30 a 60 minutos.

Após o nascimento dos bebês, a massagem também é recomendada. O alívio do estresse pós-parto, o relaxamento dos músculos e principalmente a depressão pós-parto são fatores que a massagem proporciona com muita eficácia.

Benefícios

Com as massagens, a futura mamãe poderá aproveitar melhor o seu estado, vivendo o dia-a-dia com menos dores de costas ou pernas, melhorando a hidratação da sua pele e prevenindo o aparecimento das estrias.

Os benefícios da massagem na gravidez incluem a diminuição da dor nas costas e nas pernas, melhora na auto-estima, alívio nas dores e diminuição de enjoos e cansaço; previne contra azias; fortalece a musculatura; e ajuda a prevenir a pré-eclampsia e eclampsia (hiper-tensão arterial), alívio nos níveis de estresse e ansiedade e contribuição até mesmo para o combate a depressão.

Além de reduzir a retenção de líquidos com drenagem linfática e diminui o inchaço na gravidez.

A massagem também auxilia na qualidade de vida da gestante. Quanto melhor a qualidade, maior o benefício para o bebê.

Indicações

Indicada principalmente para o fortalecimento da musculatura, adequação da postura e aumento da flexibilidade durante a gestação.

Contraindicações da massagem na gravidez

Não é aconselhável a indicação da massagem no período gestacional de início (primeiro trimestre). Neste período o embrião flutua livremente no útero até se fixar e as manobras realizadas na drenagem podem fazer com que a gestante apresente um quadro abortivo.

Existem casos em que mulheres não podem ser massageadas durante a gravidez, como:

  • Pressão alta descontrolada, porque a pressão sanguínea pode subir durante a massagem;
  • Trombose venosa profunda, porque o trombo pode se deslocar e chegar ao coração ou pulmão;
  • Insuficiência renal, porque o líquidos em excesso serão direcionados para os rins e se estes não forem eficientes na filtração, podem ser lesionados.

As massagens também não devem ser realizadas no primeiro trimestre de gestação porque nessa fase o risco da mulher perder o bebê é maior, sendo melhor não arriscar.

Benefícios

Com as massagens, a futura mamãe poderá aproveitar melhor o seu estado, vivendo o dia-a-dia com menos dores de costas ou pernas, melhorando a hidratação da sua pele e prevenindo o aparecimento das estrias.

Os benefícios da massagem na gravidez incluem a diminuição da dor nas costas e nas pernas, melhora na auto-estima, alívio nas dores e diminuição de enjoos e cansaço; previne contra azias; fortalece a musculatura; e ajuda a prevenir a pré-eclampsia e eclampsia (hiper-tensão arterial), alívio nos níveis de estresse e ansiedade e contribuição até mesmo para o combate a depressão.

Além de reduzir a retenção de líquidos com drenagem linfática e diminui o inchaço na gravidez.

A massagem também auxilia na qualidade de vida da gestante. Quanto melhor a qualidade, maior o benefício para o bebê.


0/5


(0 Reviews)

Indicações

Indicada principalmente para o fortalecimento da musculatura, adequação da postura e aumento da flexibilidade durante a gestação.


0/5


(0 Reviews)

Contraindicações da massagem na gravidez

Não é aconselhável a indicação da massagem no período gestacional de início (primeiro trimestre). Neste período o embrião flutua livremente no útero até se fixar e as manobras realizadas na drenagem podem fazer com que a gestante apresente um quadro abortivo.

Existem casos em que mulheres não podem ser massageadas durante a gravidez, como:

  • Pressão alta descontrolada, porque a pressão sanguínea pode subir durante a massagem;
  • Trombose venosa profunda, porque o trombo pode se deslocar e chegar ao coração ou pulmão;
  • Insuficiência renal, porque o líquidos em excesso serão direcionados para os rins e se estes não forem eficientes na filtração, podem ser lesionados.

As massagens também não devem ser realizadas no primeiro trimestre de gestação porque nessa fase o risco da mulher perder o bebê é maior, sendo melhor não arriscar.


0/5


(0 Reviews)

Cuidados essenciais durante a massagem para grávidas

A massagem pode ser realizada sempre que a mulher desejar, embora seja recomendado alguma frequência como pelo menos 1 ou 2 vezes por semana, para que os benefícios possam ser alcançados.

Não devem ser estimulados os seguintes pontos reflexos: Posição mediana entre o polegar e o dedo indicador, parte interna dos joelhos e também à volta dos tornozelos porque favorecem a contração uterina.


0/5


(0 Reviews)

Cuidados essenciais durante a massagem para grávidas

A massagem pode ser realizada sempre que a mulher desejar, embora seja recomendado alguma frequência como pelo menos 1 ou 2 vezes por semana, para que os benefícios possam ser alcançados.

Não devem ser estimulados os seguintes pontos reflexos: Posição mediana entre o polegar e o dedo indicador, parte interna dos joelhos e também à volta dos tornozelos porque favorecem a contração uterina.

FAQ

Qual a posição ideal para grávida receber massagem?

O essencial é nunca pressionar a barriga e por isso quem tem uma maca especial para grávidas, que tem mais vantagem quando é preciso tratar as costas, garantindo seu relaxamento durante toda a massagem.

Para massagear o rosto, peitoral e barriga: Deitada de barriga para cima
Para massagear o pescoço, costas e pernas: Deitada de lado ou Sentada

É verdade que a massagem diminui a ansiedade?

Sim, elas reduzem a ansiedade e ajudam a futura mamãe a se preparar na mente e corpo para o momento do nascimento.

Qualquer pessoa pode fazer a massagem em uma gestante?

Não. Primeiramente é preciso saber que a massagem na gestante exige conhecimentos específicos e não pode ser feita por qualquer pessoa. Ela deve ser feita por um profissional qualificado.

A massagem pode ser feita em qualquer local do corpo? E quais são as técnicas necessárias?

Deve ser levado em conta que a massagem deve ser feita em locais que proporcionem conforto à gestante e os movimento e posições utilizadas devem sempre ser avaliados de acordo com o tamanho da barriga e com o tamanho da mãe. O quadro gestacional é o que vai determinar qual será o tipo de massagem adequada.

Quais são os tipos de massagens que gestantes podem fazer?

Alguns bons exemplos de massagens que podem ser realizadas durante a gestação são: Massagem relaxante; Massagem terapêutica; Massagem Ayurvédica e/ou Massagem nos pés ou reflexologia.

O que é usado para realizar a massagem na gestante?

O corpo da mulher deve ser propriamente posicionado e suportado durante a massagem. Usa-se travesseiros e almofadas para aconchegar a futura mamãe. A posição correta promove conforto e segurança para a mãe e o bebê.

Para informações de agenda, com quem posso entrar em contato?

Você pode entrar em contato pelos telefones que se encontram no site ou pelo e-mail na aba “CONTATO”.

Agende uma
consulta

Agende agora sua consulta

0/5 (0 Reviews)