MMP

Os avanços no mundo da beleza têm trazido muitas opções para quem deseja sempre melhorar a aparência do corpo, da pele e dos cabelos. Um método que tem feito bastante sucesso ultimamente, é a MMP (Microinfusão de Medicamentos na Pele).

Ele trata-se de um método capaz de inserir medicamentos ativos diretamente no local onde é necessária essa aplicação.

Os avanços no mundo da beleza têm trazido muitas opções para quem deseja sempre melhorar a aparência do corpo, da pele e dos cabelos. Um método que tem feito bastante sucesso ultimamente, é a MMP (Microinfusão de Medicamentos na Pele).

Ele trata-se de um método capaz de inserir medicamentos ativos diretamente no local onde é necessária essa aplicação.

MMP – Microinfusão de medicamentos na pele

MMP – Microinfusão de medicamentos na pele

Ninguém gosta de perder cabelo. Mas, para algumas pessoas, essa é uma condição imposta pela genética, às vezes, possível de impedir. Não existe cura para a queda de cabelo hereditária, somente alguns tratamentos para contê-la. Um dos mais recentes é a Microinfusão de Medicamentos na Pele.

A MMP trata-se de um método sem bisturi, capaz de inserir medicamentos ativos diretamente no couro cabeludo, sendo uma alternativa de tratamento contra a calvície e queda de cabelo.

Cicatrizes também podem ser melhoradas com o uso do MMP. Basta ser associado com alguns medicamentos que podem atuar diminuindo a altura, rigidez, e alargamento dessas cicatrizes.

Os queloides, por exemplo, também são deformidades cutâneas passíveis do tratamento, assim como manchas brancas nos braços e pernas.

Como funciona

A epiderme de nossa pele é composta por camadas, e funciona como uma forma de defesa física e biológica de nosso organismo. Devido a essas características a nossa pele acaba por impedir a rápida e uniforme absorção dos medicamentos que aplicamos sobre ela.

A MMP Microinfusão de Medicamentos na Pele tem o objetivo de tornar exatamente mais rápido e uniforme os tratamentos, permeando diretamente na pele os medicamentos apropriados. Ao longo de décadas, médicos e pesquisadores desenvolveram diferentes técnicas de puncturas e aplicações com agulhas para tratar diversos tipos de lesões na pele, até que com pesquisas e tecnologias atuais foi criado o MMP.

O MMP é igual para todos os pacientes?

Não. Os medicamentos utilizados são escolhidos para cada paciente, a escolha depende da causa da queda de cabelo, se tem origem genética, no pós-parto, por deficiência vitamínica, por doença auto-imune, por uso de químicas e etc.

Para quais casos é indicada

Pessoas que sofram com queda de cabelo (alopecias), calvície, Alopecia Areata (condição caracterizada pela perda de cabelos ou de pelos em áreas arredondadas ou ovais do couro cabeludo) e pacientes com Alopecia Androgenética (AAG).

Em todos os casos, após análise do couro cabeludo pelos nossos profissionais, é escolhido medicações adequadas para cada situação com ajuda de anestesia local.

Como é realizada

É utilizado uma máquina com microagulhas que fazem movimentos de idas e vindas e penetram na pele com profundidade e velocidade controladas pelo especialista. Em contato com o couro cabeludo, as agulhas provocam pequenas lesões na superfície e, por consequência, um sangramento também de pequenas proporções.

A reação natural do corpo é promover a recuperação da pele “machucada” e parar o sangramento, assim o organismo ativa o sistema plaquetário, pois é necessário fazer o sangue coagular. Como as plaquetas responsáveis pela coagulação sanguínea liberam fatores de crescimento, servem de estímulo para os folículos.

Logo, todo esse processo para regeneração da pele tem como resposta, o crescimento capilar. Tudo isso de maneira menos descomplicada e mais eficaz do que outras técnicas, já que é realizada no próprio consultório.

Dói?

A MMP Microinfusão de Medicamentos na Pele não é totalmente indolor, mas de forma geral é bem tolerado pelos pacientes. Não é recomendada a utilização de qualquer tipo de anestésicos, até porque a dor gerada não gera essa necessidade.

Número de sessões

O número de sessões depende de cada indicação clínica, variando entre 1 a 5 sessões com intervalos mensais. É um tratamento seguro, com recuperação rápida e resultados realmente surpreendentes.

MMP no tratamento de cicatrizes, quelóides e melasma

O procedimento é usado também em cicatrizes mais altas (hipertróficas ou queloideanas). O principal medicamento utilizado nesse caso é o corticóide.

O melasma – mancha causada pelo sol e por fatores genéticos – é crônica e incomoda boa parte da população. Com o MMP, os princípios ativos que inibem a atividade dos melanócitos e a produção de pigmentos são inseridos diretamente na pele, alcançando bons resultados.

Como funciona

A epiderme de nossa pele é composta por camadas, e funciona como uma forma de defesa física e biológica de nosso organismo. Devido a essas características a nossa pele acaba por impedir a rápida e uniforme absorção dos medicamentos que aplicamos sobre ela.

A MMP Microinfusão de Medicamentos na Pele tem o objetivo de tornar exatamente mais rápido e uniforme os tratamentos, permeando diretamente na pele os medicamentos apropriados. Ao longo de décadas, médicos e pesquisadores desenvolveram diferentes técnicas de puncturas e aplicações com agulhas para tratar diversos tipos de lesões na pele, até que com pesquisas e tecnologias atuais foi criado o MMP.


0/5


(0 Reviews)

O MMP é igual para todos os pacientes?

Não. Os medicamentos utilizados são escolhidos para cada paciente, a escolha depende da causa da queda de cabelo, se tem origem genética, no pós-parto, por deficiência vitamínica, por doença auto-imune, por uso de químicas e etc.


0/5


(0 Reviews)

Para quais casos é indicada

Pessoas que sofram com queda de cabelo (alopecias), calvície, Alopecia Areata (condição caracterizada pela perda de cabelos ou de pelos em áreas arredondadas ou ovais do couro cabeludo) e pacientes com Alopecia Androgenética (AAG).

Em todos os casos, após análise do couro cabeludo pelos nossos profissionais, é escolhido medicações adequadas para cada situação com ajuda de anestesia local.


0/5


(0 Reviews)

Como é realizada

É utilizado uma máquina com microagulhas que fazem movimentos de idas e vindas e penetram na pele com profundidade e velocidade controladas pelo especialista. Em contato com o couro cabeludo, as agulhas provocam pequenas lesões na superfície e, por consequência, um sangramento também de pequenas proporções.

A reação natural do corpo é promover a recuperação da pele “machucada” e parar o sangramento, assim o organismo ativa o sistema plaquetário, pois é necessário fazer o sangue coagular. Como as plaquetas responsáveis pela coagulação sanguínea liberam fatores de crescimento, servem de estímulo para os folículos.

Logo, todo esse processo para regeneração da pele tem como resposta, o crescimento capilar. Tudo isso de maneira menos descomplicada e mais eficaz do que outras técnicas, já que é realizada no próprio consultório.


0/5


(0 Reviews)

Dói?

A MMP Microinfusão de Medicamentos na Pele não é totalmente indolor, mas de forma geral é bem tolerado pelos pacientes. Não é recomendada a utilização de qualquer tipo de anestésicos, até porque a dor gerada não gera essa necessidade.


0/5


(0 Reviews)

Número de sessões

O número de sessões depende de cada indicação clínica, variando entre 1 a 5 sessões com intervalos mensais. É um tratamento seguro, com recuperação rápida e resultados realmente surpreendentes.


0/5


(0 Reviews)

MMP no tratamento de cicatrizes, quelóides e melasma

O procedimento é usado também em cicatrizes mais altas (hipertróficas ou queloideanas). O principal medicamento utilizado nesse caso é o corticóide.

O melasma – mancha causada pelo sol e por fatores genéticos – é crônica e incomoda boa parte da população. Com o MMP, os princípios ativos que inibem a atividade dos melanócitos e a produção de pigmentos são inseridos diretamente na pele, alcançando bons resultados.


0/5


(0 Reviews)

Há contraindicações?

Não. Pessoas de qualquer idade podem se submeter ao procedimento para o tratamento de doenças dermatológicas.


0/5


(0 Reviews)

Cuidados após o tratamento

As agulhas irão provocar micro lesões na pele podendo causar inchaço e vermelhidão que variam de leves a moderados, mas que desaparecem em poucos dias. A formação de pequenas crostas também é um dos possíveis efeitos.

O paciente pode retomar suas atividades diárias imediatamente. Mas é preciso alguns cuidados, como:

  • Não manipular a região tratada;
  • Evitar exposição solar;
  • Aplicar agentes cicatrizantes em caso de orientação médica.

0/5


(0 Reviews)

Há contraindicações?

Não. Pessoas de qualquer idade podem se submeter ao procedimento para o tratamento de doenças dermatológicas.

Cuidados após o tratamento

As agulhas irão provocar micro lesões na pele podendo causar inchaço e vermelhidão que variam de leves a moderados, mas que desaparecem em poucos dias. A formação de pequenas crostas também é um dos possíveis efeitos.

O paciente pode retomar suas atividades diárias imediatamente. Mas é preciso alguns cuidados, como:

  • Não manipular a região tratada;
  • Evitar exposição solar;
  • Aplicar agentes cicatrizantes em caso de orientação médica.

FAQ

Para quem o tratamento é indicado?

A MMP é indicada para diversas condições que podem ser tratadas com esta técnica, sendo:
• Leucodermia Solar (sardas brancas);
• Cicatrizes de Acne;
• Rejuvenescimento;
• Melasma;
• Queloides;
• Verrugas;
• Cicatrizes;
• Estrias;
• Alopécia Androgenética (Calvície), eflúvio telógeno e outras.

O tratamento dói?

A MMP Microinfusão de Medicamentos na Pele não é totalmente indolor, mas de forma geral é bem tolerado pelos pacientes. Não é recomendada a utilização de qualquer tipo de anestésicos, até porque a dor gerada não gera essa necessidade.

Existe alguma limitação para o procedimento?

Não. Pessoas de qualquer idade podem se submeter ao procedimento para o tratamento de doenças dermatológicas. Mas é importante, primeiramente, verificar se você está autorizado a realizar o procedimento.

Quais os cuidados após o procedimento ser realizado?

O paciente pode retomar suas atividades diárias imediatamente. Em caso de reações adversas, consulte imediatamente o profissional responsável pela aplicação.

Os cuidados posteriores a MMP Microinfusão de Medicamentos na Pele são:

• Não manipular a região tratada;
• Evitar exposição solar;
• Aplicar agentes cicatrizantes em caso de orientação médica.

Quanto tempo dura o procedimento?

A MMP Microinfusão de Medicamentos na Pele geralmente é rápida, podendo durar entre 30 e 40 minutos.

Precisa de quantas sessões?

O número de sessões varia de acordo com a patologia e a necessidade do paciente, seja para lesões de pele ou cabelos, podendo ser entre uma a dez aplicações. O intervalo entre as mesmas irá variar de acordo com a indicação para cada caso.

Para informações de agenda, com quem posso entrar em contato?

Você pode entrar em contato pelos telefones que se encontram no site ou pelo e-mail na aba “CONTATO”.

Agende uma
consulta

Agende agora sua consulta

0/5 (0 Reviews)